Home / Review / Redmi 2 – A surpresa que não surpreende

Redmi 2 – A surpresa que não surpreende

Após usar de forma exaustiva o meu Redmi 2, o Smartphone de entrada da Xiaomi no Brasil, posso afirmar com certeza: Ele cumpre tudo que promete!

Primeiro a euforia: A Xiaomi viria oficialmente para o Brasil.

Depois, a frustração: Problemas no primeiro evento de vendas no Brasil. Não encontrei notícias de nenhum felizardo que tivesse obtido sucesso na aquisição do aparelho.

Problemas no segundo evento de vendas, no qual eu até consegui comprar o aparelho, mas não foi tão fácil, e demandou persistência, e paciência, já que após a compra, a previsão de entrega estava para quase 40 dias após a confirmação do pagamento.

Por fim, a alegria: O aparelho foi entregue em menos de 10 dias em minha residência (interior de Pernambuco). Embalagem padrão Xiaomi, contendo o aparelho, bateria, manual bem simples, cabo de dados, e carregador. O fone de ouvido estava sendo vendido separadamente, mas como já havia comprado 10 (na china), não precisei…

O aparelho de configurações não tão básicas para o preço cobrado (R$ 499,00 para pagamento em 1 parcela no cartão de crédito ou boleto bancário, sem o frete), me surpreendeu, pois, mesmo já conhecendo de loga data a qualidade dos produtos Xiaomi, e tudo de bom que a rom Miui oferece, confesso não estar esperando pelo que tenho sentido ao utilizar o Smartphone em meu dia a dia.

Acabamento em plástico, sem detalhes, encaixes perfeitos, tela com ótima resolução para o tamanho (1280 x 720, 312 PPI IPS), suporte para dois chips, ambos micro sim, conexão 4G (apenas para o chip 1), bateria de 2200mAh, que, tem durado o dia inteiro (desconectando do carregador 07:00 e reconectando 23:00, ainda com carga).

A Miui V6, rodando em um aparelho Xiaomi, mostra-se ainda mais surpreendente que nos demais aparelhos que já fiz uso, pois todas as funções estão dispostas e trabalhão de forma a maximizar a capacidade de uso e a experiência do usuário, com telas extremamente bonitas (mesmo no tema padrão), transições suaves e animações seguindo o mesmo esquema, fazem da Miui V6 a melhor rom que já usei. O tamanho também surpreende, pois a rom (em arquivo), ocupa menos de 700mb.

Claro que nem tudo é tão lindo… O hardware mostra-se insuficiente para manter a fluidez da rom quando você faz uso de aplicativos que consomem um pouco mais de memória, e muitas vezes, ao encerrar alguns deles, a tela inicial aparentar estar “carregando”.

A câmera apresentou um bug (já reportado) quando utilizada para gravação de vídeos. Nenhum dos arquivos foi salvo, independente do local escolhido, quando o tempo de gravação ultrapassou os 15 segundos. Sempre que a gravação era finalizada, a impressão que dava era a de que o vídeo estava sendo processado, mas o processo nunca conseguia ser finalizado, e as gravações eram perdidas. Claro que a solução para esses problemas já está sendo tratada, e espero que na próxima atualização, eu possa usar 100% do que o Redmi2 tem a oferecer.

Veja Também

THL-T100s

Avaliação / Review THL T100s

Lançado em dezembro de 2013 pela Chinesa THL, o T100s (versão internacional do T100) tem ...

Deixe uma resposta