Home / Dicas / O guia definitivo para estender a duração da bateria do seu Android

O guia definitivo para estender a duração da bateria do seu Android

indice

O sonho de todo usuário que possui um smartphone rodando Android é possuir uma bateria que dure por mais tempo e demande o mínimo necessário para ser totalmente carregada.

A tecnologia empregada no desenvolvimento desses dispositivos evoluiu muito ultimamente e, mesmo assim, a duração da carga, muitas vezes, não consegue acompanhar as nossas necessidades. Além das limitações físicas das baterias convencionais, outro fator interfere diretamente no seu consumo: o gerenciamento de energia do sistema operacional.

O Android possui recursos avançados nesse quesito, porém, algumas medidas simples podem ser tomadas para ampliar ainda mais a duração de sua carga.

  1. Vamos começar pelo básico: desative todos os recursos que não estão em uso (ou que são utilizados poucas vezes). Desabilitar o WI-FI, Bluetooth, GPS e outras tecnologias de conectividades pode representar um grande acumulo de energia da sua bateria, tendo em vista que esses recursos, geralmente, exigem bastante do dispositivo.
  2. Desative a regulagem de brilho automático da tela: geralmente esse recurso configura o brilho da tela em uma proporção acima da necessária. O display é um dos principais drenadores de bateria de um dispositivo Android, regular o brilho manualmente, conforme a sua necessidade, é uma solução extremamente viável.
  3. Mantenha seus aplicativos atualizados: por mais que pareça difícil enxergar uma relação entre atualização de apps e economia de energia, ela existe e pode fazer uma grande diferença no final das contas. É a partir das atualizações que os desenvolvedores melhoram , continuamente, o gerenciamento de memória em suas aplicações. Ao consumir menos memória, consome-se menos energia. Portanto, fique atento as atualizações.
  4. Ative os recursos nativos de economia de energia: O sistema operacional Android dispõe de vários recursos nativos destinados a economia de energia. Controle de processos, tarefas e até mesmo o uso dos núcleos do processador podem ser configurados nativamente pelo Em algumas versões esses recursos são mais otimizados, como no caso da versão 6, mas no geral elas representam uma grande economia.
  5. Use papeis de paredes e temas escuros: Essa dica só é válida para quem possui dispositivos com tecnologia AMOLED. Nesses dispositivos, quando a cor preta é solicitada o pixel simplesmente se apaga, economizando bateria e tornando a cor mais nítida. Logo, quantos mais pixels apagados você tiver na tela, maior vai ser a economia de energia.
  6. Evite widgets e papeis de paredes animados: esses recursos geralmente demandam maior uso do processador e memória do dispositivo. Quanto maior a demanda de processamento, maior vai ser o consumo de energia.
  7. Desative a vibração: atualmente, a produção de som demanda menos energia do que a vibração, então, a menos que não seja possível, substitua a vibração por notificações de LED ou sonoras.
  8. Use gerenciadores de energia: gerenciamento de energia são extremamente úteis para quem deseja economizar energia. Em resumo, esses aplicativos garantem a inatividade completa do SO enquanto o mesmo não estiver em uso, finalizando processos e tarefas. As definições são configuráveis e as possibilidade imensas. É possível, por exemplo, desativar toda a sincronização automática dos apps enquanto o smartphone permanecer com a tela bloqueada.

Como vimos, existem inúmeras formas de otimizar o uso e prolongar a duração das baterias. E você como faz para economizar a sua?

Veja Também

493896743

5 jogos interessantes para seu filho

Se o título não fosse ficar tão grande, eu gostaria de ter escrito: 5 Games ...

Deixe uma resposta