Home / Saiba mais / Importar smartphones compensa?

Importar smartphones compensa?

Smartphones high-end com desempenho igual ou superior aos vendidos no Brasil a preços três a quatro vezes mais baixos logo ali, na China.

Resolvi escrever esse post, pois fiz essa experiência e compartilho com vocês as minhas impressões até aqui:

Primeiro:

Saiba o que você está comprando e onde você está comprando! Não adianta apenas olhar a configuração e comprar em qualquer site. Procure marcas que são referencia em outros países, como Xiaomi, Oppo, Huawei, THL… Compre em sites confiáveis, que lhe ofereça uma garantia, caso o seu produto não seja entregue, ou seja entregue diferente do prometido. Nesse caso, só posso recomendar o que sempre compro, que é o aliexpress.com . Eles facilitam muito a sua relação com o vendedor, e lá, é nas páginas, é fácil identificar quais vendedores possuem uma boa reputação, semelhante ao que ocorre em nosso conhecido a amado Mercado Livre.

Segundo:

Escolha bem o frete! Ainda falando no Aliexpress, alguns vendedores te dão algumas opções de frete, alguns gratuitos ou muito baratos, outros não tão baratos, mas que te garantem o sossego necessário para que você não fique careca, aguardando por meses o recebimento da sua mercadoria.

Veja, comprar bugigangas com frete gratuito é uma coisa. É algo que você não necessita, então, esperar dois ou três meses pelo item comprado não vai te causar nenhuma gastrite, já comprar AQUELE aparelho que está no topo da relação de desempenho no Antutu, e que possui aquele desempenho que você sempre sonhou e nem ter previsão de entrega é outra totalmente diferente.

Pela minha atual experiência, não escolha nenhum serviço que vá depender dos Correios para a entrega, como o EMS, que seria o serviço “convencional” mais rápido, oferecido em muitos sites. O serviço de EMS é gerido no Brasil pelos Correios, que, infelizmente não dispõem de nenhum serviço de desembaraço aduaneiro, ou seja: Sua encomenda chegará ao Brasil e depois disso, só Deus sabe quando a nossa Querida Receita Federal terá a boa vontade de conferir e taxar (taxas absurdas, diga-se de passagem), para daí, devolver sua encomenda aos Correios e só aí, depois de mais alguns dias, você terá de sair do conforto do seu lar para uma fila quilométrica na agência dos correios mais próxima do seu endereço para pagar a bendita taxa e retirar sua encomenda.

Escolha, para esse tipo de encomenda, serviços de Courier como DHL ou Fedex. Também por experiência própria, esses serviços são os mais recomendados para aquisições desse tipo. Em média, você recebe sua encomenda em 5 dias após postado na china, em sua casa, e paga as taxas alfandegárias até com cartão de crédito (DHL).

A única desvantagem desse tipo de serviço é que, somados os custos de desembaraço aduaneiro, taxa da infraero, tribuitação alfandegária e ICMS (alguns estados) você termina pagando mais do que pagou pelo aparelho, mas façamos as contas:

O aparelho que comprei, custou 140 dólares, aproximadamente R$ 315,00, considerando que eu seja taxado sobre os 315, pagarei 189,00 de tarifa de importação e mais ou menos uns R$ 40,00 para a DHL pelo serviço de desembaraço, ou seja com 544 reais comprei um smartphone muito bom, se contar que posso terminar gastando menos que isso…

Terceiro:

Esqueçam essa conversa de que a Anatel irá bloquear todos os aparelhos não homologados. Ela ira bloquear sim, aqueles aparelhos que não possuem homologação alguma, ou seja as réplicas baratas e aparelhos sem marca, que SIM, são perigosos e podem prejudicar a qualidade do serviço que você contratou.

 

Assim que receber minhas “crianças”, farei o review para que vocês possam avaliar a qualidade.

 

Um forte abraço!

Paz e bem!

Veja Também

Pontos onde o Android supera o IOS – Parte 1

Muito se fala a respeito do Android, sistema operacional da Google presente na grande maioria ...

Deixe uma resposta